quarta-feira, 11 de abril de 2012

EU NEM ME LEMBRO MAIS


Sempre escrevi pra descontar a tristeza, mas agora eu preciso contar, e nao tenho nem ideia do que falar, talvez eu consiga escrever. É natural se perder no infinito  e as vezes se encontrar nos braços de alguém que nem se lembra mais, e de repente se deparar com quanto tempo faz, com quanta falta faz, e ao mesmo tempo nao sentir o que se sentia antes, o coração acelerar. Pra que disfarçar? É como passar um seculo achando que nunca mais vai ser feliz, e acabei sorrindo ao ver voce falando comigo. Tao fácil mudar de amor, mas nao é a cada roupa nova que se vem um coração com etiqueta, o amor nao tem desconto, e nao é uma divida a ser liquidada. Mas como é ter alguem pra dar o primeiro abraço do ano e dizer "que se acha amor?", e que talvez seja outra coisa. Ele é a oportunidade que eu tenho que perder, e por isso me sinto anormal por ser mais amor. Vejo um ECO de ilusão, coisa que já vi antes, é que na verdade eu já fui tantas coisas e nunca nada e sempre tao previsivel, irritante eeeee(...) e agora voce me diz que eu sou tudo o que voce sempre sonhou, eu fui a falta e voce ainda está aqui. E textos rabiscados, lágrimas e o tempo, e o tempo... um tempo sempre perdido,nunca ganho, parado, amenizado, e há quem diz que os ventos que levam as coisas ruins sao os mesmo que trazem as coisas boas, mas e se um sopro te traz de volta a mesma coisa? Quem vai rotular ser bom ou ruim? A maior prova que voce tem coragem pra fazer tudo de novo é um coração partido. Falar de saudade é bobagem. Eu ainda respiro o mesmo ar que voce, e me vi tao do avesso que só estava a procura de outros avessos. Nao diria em si, amor. Mas quem irá descordar que amores impossíveis nao se eternizam pela própria impossibilidade? E um dia o sorriso que virou pó, as suas maos que eu segurei na espera de prender seu coração (...) desculpa se te chamei de amor, mas ontem peguei no sono enquanto pensava em voce. 

' Não tenho dúvidas de que te desejo com todas as minhas forças. Porém, hoje sei que te quero bem longe da minha cabeça, da minha vida. Lamento dizer que agora você é bem-vindo apenas nas minhas doces recordações. '

Eu o desejava, como se desejam as coisas perdidas para sempre .

13 comentários:

  1. Que sentimento mais puro, intenso e sadio.
    Lindo de ler e sentir!

    ResponderExcluir
  2. Incrível como flui a escrita, né?
    Bonito o texto! Parece que todos os sentimentos transbordaram a cada palavra escrita.
    :*

    ResponderExcluir
  3. Por isso digo que meus melhores textos são naquelas horas em que a tristeza nos bate! Mas é sempre bom demais quando a escrita flui e nos faz flutuar.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Lindo texto. E mais lindo ainda porque me identifiquei. Emoções borbulhando! :)
    Parabéns pelo blog! Beijo

    ResponderExcluir
  5. E não é mesmo que o amor nos inspira?
    Já vi que seus sentimentos estão a flor da pele, com certeza evaporando.

    *Na parte do: '' Quem vai rotular ser bom ou ruim?'' é você querida. Você quem vai dizer o que bom ou ruim para você... lembre-se que nossas escolhas ecoam pela eternidade.

    =*

    ResponderExcluir
  6. Ando largando meu blog abandonado e passando por lá hoje vi uns comentários seus. Fiquei muito feliz pelos elogios, mas só que mais que isso, fiquei feliz por você ter voltado a escrever aqui! Não sei se já faz tempo, ou mesmo se foi semana passada... Adoro seus textos e sentia saudades deles. Bem vinda de volta e parabéns pelo texto, Barbie!

    ResponderExcluir
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  8. E eu gostaria de descrever em palavras o quanto esse texto(maravilhoso) me acertou em cheio. Não tive tempo de respirar. Parar. Concentrar. Os olhos foram percorrendo a tela e quando me vi, renasci, em fagulha. Mas eu já estava aqui, só fiz despertar com o sacudir de suas palavras.
    "Mas quem irá descordar que amores impossíveis nao se eternizam pela própria impossibilidade?"
    E será eterno em minhas lembranças. Mas deixará de ser prioridade, em fim.

    ResponderExcluir
  9. Sempre escrevo pra descontar a tristeza tb.. e eu adorei o texto, sabe que de tanto sentir falta daquele alguém e cmo tu, escrever, chorar e chorar.. eu cansei. perdi a vontade de escrever :/

    ResponderExcluir
  10. Uau, que declaração. Escreva mais.

    ResponderExcluir
  11. Que bonito! Tão doce, sabe? Adorei, menina. É muito bom desabafar assim em palavras, não é?
    Um beijo, @pequenatiss.

    ResponderExcluir
  12. With you Lying Expression down, raise the legs to
    obscure your legs, thighs, buttocks and tum is some oversized apparel.
    Kim seems to hold left field di eseguire questi esercizi,
    che vanno eseguiti dalle tre alle five volte, con un'eventuale piccola pausa in mezzo.

    Feel free to visit my website: anti cellulite tights
    Also see my webpage :: good cellulite creams

    ResponderExcluir
  13. Olá meninas, sinto falta do blog e de vocês. Não consigo mais acessar o Live On Fascination e depois de um tempo estou ativa no http://tamarafg.blogspot.com.br/ minha Lixeira Mental.

    ResponderExcluir