domingo, 21 de março de 2010

posso dizer que ja vi o fim do mundo algumas vezes, e no dia seguinte estava tudo bem. mas descobri que pode passar o tempo que for, os erros serão sempre os mesmos. descobri que se pode embaralhar o baralho, fazer uma magica, e trazer de volta -o que nao volta mais- sem revelar os truques de um magico. descobri que o tempo pode parar, como nas fotografias, mas por tempo determinavel, como todas as vontades, que passam, mas voltam no outro dia ... o caso é que de alguma forma estou em busca da perfeição, deixando de viver para ter uma vida estavel, só que essa coisa de fazer tudo dentro da lei cansa, entao cansei de ser politicamente correto, e estou vivendo só o que me faz bem. aprendi, entao, que o valor das coisas tem prazo, e o amor nao passa de imaginação, coisas futeis é questão de interesse, e as lagrimas secam. a partir do momento que minhas lagrimas secaram, resolvi queimar esse manual de instrução, desliguei o que me manipulava. decidi deixar de pensar besteira, abri meu coração vazio, e nao busco mais por verdades. quem muito sabe: nao fale, quem pouco sabe: se cale. só nao posso perder meu tempo sem ganhar nada, tambem nao vou gastar meu tempo pensando nisso, pois pensar demais, me fez desistir, e desistir nao está mais presente na minha lista pessoal. e cansar esta fora de alcanse, quando eu tenho em mim todos os sonhos do mundo.

5 comentários:

  1. que texto mais lindo, seu blog é demais!

    ResponderExcluir
  2. Aff! eu não estou conseguindo envia o award para o seu Blog talves de por e-mail :)

    ResponderExcluir
  3. temos que viver por nós, e não pelos outros ["queimar esse manual de instrução"] adorei *-*

    ResponderExcluir